Esporte

Final argentina coroa o Super Rugby Americas

Compartilhe:

Pampas e Dogos quebram dominância do Peñarol e decidiram o melhor time americano de Rugby em 2024

Na quarta edição do Super Rugby Americas, os argentinos mostram toda sua dominância e irão fazer a primeira final de apenas um país da história do rugby union sul-americano. Apesar da imensa tradição no esporte, Dogos e Pampas viram dominância inicial dos uruguaios do Peñarol, com taça em 2022 e 2023.

O sistema franqueado na América do Sul começou apenas em 2021. No início do torneio, os lendários Jaguares se sagraram campeões da primeira edição, em cima do Peñarol, em plenas terras uruguaias. Mas o Peñarol se mostrou como a força superior do rugby de equipes, ganhando em 2022 e 2023, contra o Selknam e os próprios Dogos, respectivamente do Chile e da Argentina.

Os Dogos vem mordido após o vice campeonato mas vem como zebra para a final. Com campanha de oito vitórias, dois empates e duas derrotas na primeira fase, a equipe teve de superar os paraguaios do Yacaré na prorrogação, pelo magro placar de 17 a 14. O que motiva a equipe, é que a única derrota que os Pampas sofreram na primeira fase, foi justamente contra os Dogos.

E os Pampas, sobraram na primeira fase. Com 11 vitórias e apenas uma derrota, a equipe trucidou o Peñarol nas semifinais, com um 50 a 27 para desbancar os atuais bicampeões. Com show coletivo e com dois tries de Elizalde, os Pampas fazem por merecer o favoritismo na final.

A final será dia 15 de junho, às 17h. Tomando lugar em Buenos Aires, a expectativa é que o estádio de San Isidoro, onde jogam os Pampas tenha casa cheia, superando até os 5.000 lugares de capacidade que o estádio tem, com toda a expectativa para a primeira final argentina da história.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo