Tecnologia

Samsung vendeu quase 3 bilhões de celulares nos últimos 10 anos, superando Apple e Xiaomi

Compartilhe:

A Samsung é a maior fabricante de celulares do mundo e protagoniza uma disputa acirrada com a Apple e Xiaomi, que costumam figurar em segundo e terceiro lugar em participação de mercado. Na segunda-feira (13), o AltIndex publicou uma análise, realizada pela Statista, que revela o volume de celulares fornecidos pelas fabricantes na última década.

Entre 2014 e 2024, a Samsung enviou quase 3 bilhões de smartphones ao varejo. Esse volume massivo de aparelhos comercializados é 33% maior que as remessas da Apple, que forneceu cerca de 2,2 bilhões de celulares no mesmo período. A Xiaomi, em terceiro lugar, enviou metade das remessas da rival estadunidense com 1,14 bilhão de unidades.

O número de celulares fornecidos pela Samsung entre 2014 e 2024 é maior que a quantidade combinada de aparelhos enviados pela Xiaomi, Huawei e vivo. A posição dominante da empresa ocorreu apesar de um longo período de redução contínua em seus embarques totais registrados entre os anos de 2014 e 2022.

Para contrastar, em 2014, cerca de 318,1 milhões de celulares Galaxy foram comercializados globalmente; em 2022, esse número caiu para 258 milhões. A empresa, no entanto, observou um crescimento significativo na demanda em 2023, saltando para 286,6 milhões.

Já a Apple havia comercializado somente 192,7 milhões de iPhones em 2014. Após um grande aumento nos embarques em 2015 com o lançamento do iPhone 6s, a empresa observou um encolhimento de demanda até o ano de 2019, mas recuperou seu índice de fornecimento nos anos seguintes, fechando 2023 com 231,8 milhões de unidades comercializadas.

No geral, ao longo da última década, a participação de mercado da Samsung caiu 10%, enquanto a fatia da Apple aumentou em 2%. A sul-coreana atualmente detém 20,8% do mercado de smartphones, segundo dados do 1º trimestre, enquanto a Apple (com 17,3%) luta para manter sua vice-liderança frente ao crescimento da Xiaomi (com 14,1%).

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo