Esporte

Líder da LNF, Pato supera campanha do bi e faz melhor início de temporada na história

Compartilhe:

Embalado pela retomada do título estadual na última temporada, o Pato Futsal tenta ampliar sua boa fase e se credencia como um dos grandes concorrentes pela conquista da Liga Nacional. Com um elenco experiente e um técnico novo, o time paranaense superou seus melhores inícios de temporada e constrói até aqui sua melhor campanha na história da LNF.

Líder isolado com 19 pontos em 24 possíveis, o Pato venceu seis duelos, empatou um e também perdeu apenas uma vez. A campanha de 87,5% de aproveitamento superou os anos em que o clube conquistou o bicampeonato nacional. Na primeira conquista em 2018 e, até então, melhor início, o Pato começou a competição com cinco vitórias, um empate e duas derrotas, alcançando os 75% de eficiência. Já na temporada seguinte, o bicampeonato começou com quatro vitórias, três empates e uma derrota nas oito rodadas iniciais.

Na sua oitava participação na LNF, apenas uma vez o time de Pato Branco sofreu mais derrotas do que vitórias neste recorte de oito partidas iniciais. Justamente na última temporada, o clube começou a competição patinando e perdeu três jogos, empatou dois e venceu dois. A arrancada ruim custou o cargo de Sérgio Lacerda e promoveu a efetivação de Pedro Dias, que comandou a equipe durante toda a temporada.

Para 2024, o Pato apostou na chegada do técnico Betinho Castro, destaque das divisões de acesso do Paranaense. Logo na sua primeira oportunidade na LNF, o treinador de 42 anos lidera o clube na sua melhor campanha na competição.

Além da mudança no comando técnico, o Pato também buscou contratações de peso para reforçar o elenco na atual temporada. Destaque no bicampeonato do time, Neguinho retornou à Pato Branco depois de quatro temporadas no futsal asiático. Com a aposentadoria de Sinoê, o time paranaense também buscou no exterior um novo camisa 10. Ton chegou do futsal húngaro e lidera a artilharia desta temporada com oito gols marcados em 14 partidas.

Entre saídas e chegadas, o Pato também conseguiu manter nomes importantes da conquista do tetracampeonato paranaense e do vice da Taça Brasil, como os alas Dudu e Yan, o experiente goleiro Djony e o fixo Caio Barros.

O sonho do tricampeonato nacional segue cada vez mais vivo dentro do Pato Futsal. Além da disputa da LNF, o time paranaense também segue correndo entre os favoritos na defesa do título estadual e ainda se prepara para novamente disputar a Taça Brasil. 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo