Esporte

RMP esquece Flamengo e Palmeiras ao cravar favorito no Brasileirão Série A

Compartilhe:

Em palpite sobre as principais competições da temporada, RMP não apostou no Flamengo e nem no Palmeiras no Brasileirão Série A. Segundo opinião do jornalista no Uol, o Atlético-MG, hoje comandado por Gabriel Milito, será o vencedor do principal campeonato do Brasil.

Renato Maurício Prado apostou no time de Abel Ferreira na Copa do Brasil e mencionou a equipe de Tite como favorita na Copa Libertadores da América. Na Copa Sul-Americana, ele elegeu o Internacional como o possível campeão.

O Atlético-MG é o clube que conseguiu “se envolver” no domínio de Flamengo e Palmeiras nos últimos anos. O Galo conquistou o Brasileirão, Copa do Brasil e Campeonato Mineiro em 2021, além da Supercopa do Brasil em 2022. Apesar de bater na trave na Libertadores, o clube de Minas foi longe em algumas edições recentes.

Depois de demitir Felipão, o time de Belo Horizonte bateu o Cruzeiro no Mineirão por 3 a 1 e se tornou pentacampeão do estadual. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, os favoritismos também foram confirmados com os títulos de Vedão e Rubro-Negro, respectivamente.

A temporada do futebol brasileiro só está começando e os clubes do país verde e amarelo são apontados como favoritos na Libertadores. Com ampla vantagem financeira e técnica em relação aos estrangeiros, o Brasil teve os últimos cinco campeões da competição: Flamengo (2019 e 2022), Palmeiras (2020 e 2021) e Fluminense (2023).

Marília Ruiz aposta no Flamengo no Brasileirão Série A

Diferente de RMP, a jornalista colocou o time de Tite como o principal candidato no campeonato de pontos corridos. Na Libertadores ela não apostou em um brasileiro e citou o River Plate como favorito.

Para Marília, o Palmeiras de Abel vai levar a Copa do Brasil, assim como em 2020. O SPFC, atual vencedor da competição, não foi citado por nenhum dos colunistas.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo