Redmi Note 13 Pro Plus: melhor celular intermediário Xiaomi para comprar?

Compartilhe:

 

O Redmi Note 13 Pro Plus chega prometendo ser o celular intermediário mais completo da Xiaomi com poderosa câmera de 200 MP, design caprichado e carregador potente. Será ele a melhor compra da marca?

O design é similar aos demais da linha com pequenas mudanças no layout das câmeras, mas aqui temos um corpo curvo para pegada mais confortável. Além disso, ele é o primeiro a vir com certificação IP68 para proteção contra água e sua tela traz o vidro Gorilla Glass Victus para reforço contra impactos.

O Redmi Note 13 Pro Plus vem com tela de 6,67 polegadas com resolução de 1220p, profundidade de cor de 12 bits, taxa de atualização de 120 Hz e suporte a HDR10+ e Dolby Vision com brilho forte. Há três saídas de som para áudio potente e bastante imersivo para curtir filmes e jogos.

Ele vem equipado com o chipset Dimensity 7200 Ultra da MediaTek que traz processador octa-core e GPU Mali-G610 com quatro núcleos gráficos. Esse que testamos possui 12 GB de RAM. Ele foi bem em nosso teste multitarefas, ficando acima de boa parte dos intermediários. Ele também vai muito bem nos jogos, mesmo nos mais pesados.

A parte decepcionante fica para a bateria de 5.000 mAh que durou menos em nosso teste que outros da Xiaomi com mesma capacidade energética. Pelo menos temos um potente carregador de 120W na caixa para compensar, que demora apenas 25 minutos para encher a bateria.

O conjunto fotográfico é o mesmo de outros da linha e temos um sensor de 200 MP aliado a ultra-wide de 8 MP e um simples de 2 MP para macros. Para selfies, há uma câmera frontal com resolução máxima de 16 MP. A qualidade é boa, mesmo em locais com pouca luz, mas não espere competir com modelos mais avançados com mesma resolução. A filmadora é mais limitada, especialmente a frontal à noite.

Vale a pena comprar o Redmi Note 13 Pro Plus? Ele tem vários pontos positivos e vai agradar muitos, apesar de pecar em autonomia de bateria. Para conferir todos os detalhes, só acessar a análise completa no link abaixo:

Compartilhe:

Deixe um comentário



© 2024 Intrometendo | Web Stories | Privacidade | Google News | APP (Android)) |