Entretenimento

Jovem que teve grave reação alérgica após cheirar pimenta volta a ser internada

Compartilhe:

A trancista Thais Medeiros de Oliveira, de 26 anos, que teve uma reação alérgica grave ao cheirar um pote de pimenta, voltou a ser internada em um hospital de Goiânia. A informação foi divulgada no último sábado, 6, na rede social da jovem, gerenciada pela família.

“Ela teve uma intercorrência, começou a baixar muito a pressão, muita sudorese, e os médicos acharam melhor trazer ela para o hospital”, explicou Sérgio Alves, padrasto de Thaís.

Neste domingo, 7, a família informou que Thais está sem febre. Ela segue sendo monitorada pela equipe médica do Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo, em Goiânia. “Ela estava muito fraquinha hoje, rebaixada, muito debilitada”, disse o padrasto.

Relembre o caso

Em fevereiro de 2023, Thais almoçava na casa do namorado, Matheus Lopes de Oliveira, em Anápolis (GO), quando cheirou uma conserva de pimenta-bode e teve uma reação alérgica.

A mãe de Matheus, Sandra, contou que todos estavam conversando sobre as pimentas, momento em que ela pegou o vidro de pimenta, cheirou, em seguida, a filha, o marido e Thais.

“Ela não provou, só cheirou. Assim que ela cheirou a pimenta, já falou que estava coçando a garganta. Larguei meu prato e fui atrás dela. Não foram 3 minutos”, disse.

Asmática, ela teve falta de ar e precisou ser levada às pressas para o hospital. Chegando ao local, Thais precisou ser reanimada pelos médicos.

Na época, ela deixou de ter respostas neurológicas e chegou a ficar sob ventilação mecânica. Thais ficou 20 dias internada em uma UTI.

Em seguida, passou mais de cinco meses internada em uma unidade hospitalar. O diagnóstico foi de edema cerebral, com lesões irreversíveis. Ela teve alta em setembro do mesmo ano e pôde passar seu aniversário em casa, mas os tratamentos continuam.
Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo