Esporte

Grêmio e Internacional sofrem com Libertadores e Sul-Americana

Compartilhe:

O Grêmio e o Internacional estão em alerta após as duas primeiras rodadas na Copa Libertadores e na Sul-Americana.

A equipe de Renato Gaúcho adotou a estratégia de poupar no primeiro jogo, de olho na final do Campeonato Gaúcho, e tropeçou na partida.

Na estreia da Libertadores, o Tricolor gaúcho teve que lidar com a altitude de La Paz, na Bolívia, para encarar o The Strongest e voltou para o Brasil com a derrota por 2 a 0 na mala.

Com força total, o Imortal conseguiu conquistar o título do Gauchão na partida seguinte após vencer o Juventude por 3 a 1.

Em busca da recuperação na Libertadores, a equipe de Renato Gaúcho fez o primeiro jogo da competição em 2024 na Arena do Grêmio.

Com a presença dos intrometendo, o Tricolor gaúcho sofreu a segunda derrota seguida, também por 2 a 0, desta vez para o Huachipato, time do Chile.

Com a sequência ruim na Libertadores, o Imortal está zerado no placar e é o lanterna do Grupo C.

Quem também ainda não conseguiu vencer em competição da Conmebol na temporada de 2024 é o Internacional.

Assim como o Grêmio, o Colorado, além de não ganhar nenhuma partida, ainda não balançou a rede.

O Internacional foi até a Argentina para a estreia da Copa Sul-Americana e ficou no empate sem gols diante do Belgrano.

Em seguida, a equipe de Eduardo Coudet recebeu o Deportivo Real Tomayapo, da Bolívia, no Beira-Rio, e, novamente, ficou com o marcador igual, sem conseguir marcar nenhum gol.

A rodada do grupo do Colorado na Sul-Americana ainda não está completa e, por enquanto, o clube é o segundo colocado.

Grêmio e Internacional no Brasileirão Série A

Tanto o Grêmio como o Internacional ‘pausam’ o foco nas competições da Conmebol e miram a estreia no Brasileirão Série A.

O Colorado recebe o Bahia no próximo sábado, 13, às 18h30, horário de Brasília, na partida que marca o início do Campeonato Brasileiro em 2024.

Já o Tricolor gaúcho vai jogar fora de casa, no Rio de Janeiro, no domingo, 14, às 16h, horário de Brasília, contra o Vasco.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo