Esporte

Fenerbahçe sofre punição depois de abandonar o campo na final da Supercopa

Compartilhe:

Fenerbahçe entra com time sub-19 na final da Supercopa da Turquia, abandona campo com 1 minuto jogado em protesto e recebe punição alta

Nesta quinta-feira, 11, o Fenerbahçe recebeu uma punição da Federação Turca de Futebol após seus jogadores abandonarem o gramado no último domingo, 7. O time havia entrado com o elenco sub-19 e deixou o campo com somente um minuto jogado contra o Galatasaray, em forma de protesto para denunciar supostas injustiças cometidas contra o clube.

A TFF declarou o Galatasaray vencedor da Supercopa da Turquia, competição pela qual o jogo era válido, e multou a equipe de Istambul em 115 mil euros (aproximadamente R$628 mil, na cotação atual), por conta do abandono. “Está na hora de os relógios do futebol turco serem zerados”, afirmou Ali Koç, presidente do Fenerbahçe, antes do apito inicial da partida, concordando com o boicote.

O clube havia feito uma assembleia com cerca de 20 mil torcedores em seu estádio antes da grande final da competição, para poder discutir uma possível saída da Liga Turca. Afirmando que muitos títulos acabaram “escapando” do time de uma forma duvidosa, Koç denunciou a existência de uma “rede oculta no futebol turco”, que, de acordo com o presidente do time, “decide o rumo do campeonato através dos árbitros”. Antes do jogo, o Fenerbahçe exigiu que um juiz estrangeiro apitasse, solicitando também o adiamento por conta das quartas de final da Conference League, onde enfrenta o Olympiakos, da Grécia. Ambas exigências foram negadas pela TFF.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo