Tecnologia

Empresa faz tomografia em um Apple Vision Pro: veja como ele por dentro

Compartilhe:

 

A empresa chamada Lumafield, especializada na produção de equipamentos de engenharia e software, usou um de seus maquinários para realizar um exame clínico em um Vision Pro, o headset de realidade mista da Apple.

Sim, falamos no sentido literal: o Apple Vision Pro passou por uma tomografia computadorizada, e as imagens revelaram todos os mecanismos por dentro do aparelho, ao mesmo tempo em que o comparou a outros produtos do gênero, como o Meta Quest 3 e Meta Quest Pro.

Os dois headsets da Meta demonstram uma economia chocante de recursos”, disse a Lumafield. “Eles entregam muito, mas usando o mínimo possível. De muitas formas, essa construção frugal e alto valor de mercado é um feito tão impressionante quanto à afimração elegante usada no [produto] da Apple.”

Os responsáveis pela análise ainda afirmaram que, em casos comparativos, os fabricantes posicionaram seus produtos em algum lugar entre as categorias de “headset de realidade mista e computador espacial”, mencionando como os dispositivos são fáceis de serem rotulados, mas desejam criar uma nova geração tecnológica através de um meio de comunicação novo.

Não é à toa que o Vision Pro passa por um processo de criação bem caro, convenhamos.

As scans acima mostram muito do aparelho: nelas, é possível enxergar quase todos os sensores do dispositivo – particularmente o scanner LiDar, o sistema de sensores de imagem que processam a função TrueDepth (usada no OpticID) e as lentes apontadas para baixo para acompanharem movimentos das mãos.

A análise completa – do Vision Pro e dos outros – foi publicada em texto no próprio site da Lumafield, mas também conta com uma versão em vídeo, que você confere abaixo

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo