Entretenimento

Combustível para embarcações na Região Norte terá corante violeta: ANP combate venda irregular

Compartilhe:

Em uma ação para coibir a venda irregular de óleo diesel marítimo como se fosse diesel rodoviário, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) determinou nesta quinta-feira (11) a obrigatoriedade de adição de corante violeta ao diesel marítimo comercializado na Região Norte.

++Varejo atinge recorde histórico em fevereiro, impulsionado por setores em recuperação

A medida, que entra em vigor a partir de [data de vigência], busca facilitar a identificação visual do produto e evitar prejuízos aos consumidores e ao meio ambiente.

++Sem acordo com o Congresso, Governo decide retirar PL sobre reoneração da folha de pagamentos

A iniciativa, válida apenas para a Região Norte, visa combater a prática comum de venda indevida do diesel marítimo, mais barato que o diesel rodoviário, em postos de combustíveis. Essa prática gera concorrência desleal e pode levar ao uso indevido do diesel marítimo em veículos automotores, causando danos aos motores e elevando a emissão de poluentes.

O diesel marítimo possui características distintas do diesel rodoviário, sendo inadequado para uso em veículos automotores. Seu alto teor de enxofre (até 0,5%) pode danificar os sistemas de pós-tratamento de emissões e aumentar a emissão de gases poluentes.

A ANP, após estudos realizados pelo Centro de Pesquisas e Análises Tecnológicas (CPT), optou pelo corante violeta como forma de diferenciar visualmente os dois tipos de diesel. Essa medida visa facilitar a fiscalização e coibir a venda irregular do produto.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook   e também  no Instagram  para mais  notícias  do intrometendo.

– Publicidade –

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo