Esporte

Com CR7 expulso, Al-Hilal bate Al-Nassr e vai final da Supercopa Saudita

Compartilhe:

Nesta segunda-feira, 8, o Al-Hilal encarou o Al-Nassr, em partida válida pela semifinal da Supercopa Saudita, venceu por 2 a 1 e manteve sequência

Nesta segunda-feira, 8, o Al-Hilal recebeu o Al-Nassr, em partida válida pela semifinal da Supercopa Saudita. Buscando manter a sequência de vitórias, o time comandado por Jorge Jesus teve que enfrentar a equipe de Luis Castro. Com dois gols no segundo tempo, os mandantes avançaram à final e chegaram ao 33º triunfo consecutivo. O jogo ficou marcado por expulsão de Cristiano Ronaldo

O clássico saudita começou muito equilibrado, pois as duas principais potências do país estavam em confronto. Com desfalques importantes nos dois lados, Anderson Talisca pelo Al-Nassr e Mitrovic pelo Al-Hilal, os clubes entraram em campo, mas com posturas mais defensivas na primeira etapa.

Sem muitas jogadas de grande perigo no primeiro tempo, o destaque ficou para o Al-Nassr, que balançou as redes nos acréscimos. Após cruzamento de Mané, Cristiano Ronaldo tentou alcançar, mas a bola passou e ficou livre para a finalização de Otávio. No entanto, por conta da posição irregular do camisa 7, que participou da jogada, o tento foi anulado. Intervalo! 0 a 0.

Na volta para a segunda etapa, o Al-Hilal, que não queria perder a sequência de 32 vitórias consecutivas, retomou com um ritmo mais acelerado. Com duas chances seguidas, com Hamdan e Al Dawsari, o Al-Nassr segurou o empate no placar. Assim, a equipe de Jorge Jesus conseguiu abrir o placar após minutos de pressão.

Al Nassr sofreu os gols da derrota na segunda etapa (Crédito: Getty Images)
Al Nassr sofreu os gols da derrota na segunda etapa (Crédito: Getty Images)

Em contra-ataque rápido, Al Dawsari recebeu e finalizou de primeira para superar Ospina, dando a vitória parcial para o Al-Hilal. Aos 26′, a equipe ampliou a vantagem com Malcom, que cabeceou para o fundo da rede após um ótimo cruzamento de Michael. Na reta final, Cristiano Ronaldo foi expulso, em confusão com Al Bulaihi, mas o Nassr ainda descontou no final com Mané. Fim de jogo! 2 a 1.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo