Esporte

Ceni justifica time misto do Bahia em goleada sobre o Náutico

Compartilhe:

Técnico do Bahia, Rogério Ceni foi sincero sobre a classificação para a Copa do Nordeste; Tricolor venceu o Náutico e avançou para as semifinais

Rogério Ceni, treinador do Bahia, abriu o jogo após a goleada de 3 a 0 aplicada sobre o Náutico. Com um time misto em campo, o Tricolor se classificou às semifinais da Copa do Nordeste, pouco tempo após levar a pior nas finais do Campeonato Baiano para o Vitória. De acordo com o técnico, a escalação do jogo desta quarta-feira, 10, foi um risco assumido, com uma estratégia por trás.

“Fizemos escolhas, sabendo de alguns riscos que correríamos, mas eram necessários para ter um time numa condição boa contra o Internacional”, destacou Ceni. “Pensar no sábado (estreia do Brasileirão), nem tanto na terça porque é consequência do que acontecer. Jogamos domingo com um jogador a menos, alguns apresentaram cansaço maior, e tínhamos que correr algum risco para preservar alguns jogadores”.

O comandante ainda falou sobre a recuperação após o vice no estadual: “É um título que nós esperávamos, acho que a expulsão contribuiu muito para que a gente não tivesse a oportunidade, opções. Jogamos 70 minutos com um jogador a menos. É uma semana difícil, mas o principal é o resgaste da confiança do torcedor, hoje foram 23 mil pessoas pós-perda de título. Não é todo mundo que consegue”.


Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo