Música

People Who Aren’t There Anymore – Future Islands – Crítica

Compartilhe:

 Future Islands: amadurecimento e perseverança

O synth-pop é um gênero musical que sempre esteve em constante evolução. Desde sua ascensão nas décadas de 1970 e 1980, o gênero passou por uma série de transformações, incorporando elementos de outros gêneros, como rock, dance e eletrônica.

Nesse contexto, a banda americana Future Islands é um dos principais nomes do synth-pop contemporâneo. Com uma sonoridade que combina elementos de rock, indie e eletrônica, o grupo liderado pelo vocalista Samuel T. Herring conquistou um público fiel ao redor do mundo.

O sétimo álbum de estúdio do grupo, “People Who Aren’t There Anymore”, foi lançado em janeiro de 2024. O disco é um reflexo do amadurecimento artístico do grupo, que explora novos territórios sonoros sem perder sua identidade.

A faixa-título, “People Who Aren’t There Anymore”, é uma balada melancólica que fala sobre a perda de entes queridos. A música é marcada pelo vocal emotivo de Herring e pela melodia melancólica.

Outras faixas que se destacam no álbum incluem “Say Goodbye”, uma música pop com uma pegada dançante, e “Give Me the Ghost Back”, uma balada rock com um refrão marcante.

“People Who Aren’t There Anymore” é um álbum que mostra que o Future Islands está longe de perder sua relevância. O grupo continua a produzir música inovadora e emocionante, que ressoa com o público de todo o mundo.

O álbum “People Who Aren’t There Anymore” é um trabalho maduro e coeso que representa um novo capítulo na carreira do Future Islands. O grupo explora novos territórios sonoros sem perder sua identidade, o que resulta em um disco que é ao mesmo tempo familiar e inovador.

A voz de Herring é um dos principais destaques do álbum. O vocalista usa sua voz poderosa e emotiva para contar histórias pessoais e universais. As melodias são catchy e envolventes, e a produção é impecável.

“People Who Aren’t There Anymore” é um álbum que merece ser ouvido com atenção. É um trabalho que vai agradar aos fãs de longa data do Future Islands e também aos novos ouvintes.

O Future Islands é um grupo que se reinventou ao longo dos anos sem perder sua identidade. O álbum “People Who Aren’t There Anymore” é um reflexo desse amadurecimento artístico. O grupo continua a produzir música inovadora e emocionante, que ressoa com o público de todo o mundo.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo