Música

Los Angeles – Lol Tolhurst – Crítica

Compartilhe:

 Los Angeles: um álbum experimental e ambicioso

Los Angeles, o álbum colaborativo de Lol Tolhurst, Budgie e Jacknife Lee, é um trabalho ambicioso e experimental que desafia as expectativas do ouvinte. O álbum é uma mistura de estilos alternativos, desde new wave com bateria pesada e trip hop obscuro até dança industrial severa e trovejante art punk. Os músicos também incorporam elementos de rock progressivo, música eletrônica e até música clássica.

O álbum foi gravado em Los Angeles durante duas semanas em 2022. Tolhurst e Budgie, que são músicos experientes, mas não costumam trabalhar como compositores, começaram a trabalhar juntos em um novo projeto. Eles logo perceberam que precisavam de um produtor para ajudá-los a dar forma às suas ideias.

Lee, que é um produtor experiente que trabalhou com artistas como U2, Taylor Swift e The Killers, foi a escolha natural. Ele ajudou os músicos a refinar suas ideias e a criar um som que fosse único e coeso.

O resultado é um álbum que é ao mesmo tempo familiar e inovador. Os músicos usam suas influências de uma forma que é inesperada e envolvente. O álbum é uma mistura de melodias catchy, beats pulsantes e texturas experimentais.

Os vocais convidados também são um destaque do álbum. James Murphy, do LCD Soundsystem, Bobby Gillespie, do Primal Scream, Isaac Brock, do Modest Mouse, Lonnie Holley e Pan Amsterdam todos contribuem com performances memoráveis.

Los Angeles é um álbum que exige atenção. É um trabalho que recompensa os ouvintes que estão dispostos a mergulhar em seu som complexo e desafiador.

Algumas notas sobre o álbum:

  • O álbum é uma mistura de estilos alternativos, mas é possível identificar alguns temas recorrentes. Um tema é a exploração de temas sombrios e perturbadores. Outro tema é a experimentação com novos sons e texturas.
  • Os músicos usam uma variedade de instrumentos para criar seu som. Eles usam guitarras, baterias, cordas, trompas e até mesmo elementos eletrônicos.
  • O álbum é um trabalho ambicioso e desafiador, mas também é um trabalho bem executado. É um álbum que vai ficar na mente do ouvinte por muito tempo.

Los Angeles é um álbum que vale a pena ouvir. É um trabalho que é único, inovador e ambicioso. É um álbum que vai desafiar o ouvinte, mas também vai recompensar a atenção.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo