Música

Hackney Diamonds – The Rolling Stones – Crítica

Compartilhe:

 O novo álbum dos Rolling Stones, “Hackney Diamonds”, é um retorno triunfante à forma para a banda.



O álbum é repleto de energia, sentimento e talento, e é uma prova de que os Stones ainda são uma das maiores bandas de rock do mundo.



Os fãs de rock’n’roll, boogie elétrico, blues e dos Rolling Stones em geral estão com sorte. O novo álbum da banda, “Hackney Diamonds”, é o melhor que eles fizeram desde os anos 70. Pode-se argumentar que é até mesmo o melhor álbum de rock’n’roll das últimas quatro décadas.

Os dois singles lançados até agora, “Angry” e “Sweet Sound of Heaven”, são um bom indicador do que está por vir. “Angry” é um rock’n’roll clássico, com um riff de guitarra de Keith Richards que é impossível de esquecer. “Sweet Sound of Heaven” é um gospel exuberante, com a participação de Stevie Wonder e Lady Gaga.

É claro que a participação de Stevie Wonder e Lady Gaga é um chamariz, mas não é o que torna o álbum tão bom. O que realmente importa é que os Stones ainda estão fazendo música que é emocionante e autêntica.

O álbum é cheio de arrogância de Mick Jagger, riffs de guitarra de Keith Richards, solos de Ronnie Wood e harmonias de Keith Richards e Charlie Watts. As músicas têm ritmos firmes, melodias cativantes, letras rápidas e energia suja.

O produtor Andrew Watt fez um excelente trabalho ao manter o som do álbum brilhante, nítido e moderno. O álbum não é delicado ou complexo, mas é exatamente isso que o torna tão bom. O rock’n’roll é sobre energia e sentimento, e “Hackney Diamonds” tem isso em abundância.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo