Literatura

Lightlark (Lightlark, #1) – Alex Aster – Resenha

Compartilhe:

As reviravoltas neste romance são de primeira qualidade – Aster mantém você na ponta dos pés. Houve várias noites em que tive que me forçar a parar de ler porque precisava realmente dormir.

 

A cada 100 anos, a ilha de Lightlark parece sediar o Centennial, um jogo mortal que apenas os governantes de seis reinos são convidados a jogar. O convite é uma convocação – um chamado para abraçar a vitória e a ruína, bugigangas e sangue.

 

O Centenário oferece aos seis governantes uma chance final de quebrar as maldições que atormentam seus reinos há séculos. Cada governante tem algo a esconder. A maldição de cada reino é exclusivamente perversa. Para destruir as maldições, um governante deve morrer.

E o romantismo. Eca. Tão apressado. Tão óbvio. Não, obrigado. *algumas das minhas reclamações foram abordadas nas últimas 30 páginas, mas isso não compensa tudo. E a explicação só fez minhas queixas ainda maiores.

Isla Crown é a jovem governante de Wildling – um reino de sedutoras amaldiçoadas a matar qualquer pessoa por quem se apaixonem. Eles são temidos e desprezados, e estão contando com Isla para acabar com seu sofrimento com sucesso no Centenário. Para sobreviver, Isla deve mentir, enganar e trair… mesmo que o amor complique tudo.

O personagem principal era impetuoso e irritante. Ela também era capacho. Ela não é a heroína grande e forte que ela claramente deveria ser. Ela é capacho e um idiota. Sim, informações estavam sendo retidas dela, e isso não é culpa dela, mas ela também estava TÃO alheia a literalmente tudo o que estava acontecendo ao seu redor.

Ela era toda “Eu vou vencer essa coisa. Eu vou ser mais esperta que esse jogo”, mas um capacho teria visto as coisas que ela perdeu através de toda a sua bravata. Não é culpa dela ser ingênua, ela foi protegida, mas é culpa dela ser ignorante. Ela tem a oportunidade de aprender coisas e ela arrogantemente não usa essas oportunidades porque tem certeza de que sabe melhor.

Meu cérebro ainda está processando este romance e sei que estou prestes a entrar em uma das piores ressaca de livros de todos os tempos. Eu recomendo que você encomende este livro se você ama a fantasia YA/NA.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo